Seja Você, Seja do Jeito que Quiser!

Existe regras para a beleza? 
Bom, é com essa pergunta que começo o post extra de hoje. Você com certeza, já se deparou no espelho e sentiu que faltasse algo, para está tudo perfeito. Não é? 
Sem dúvidas, nós mulheres sempre buscamos a tal perfeição, mas será que ela existe mesmo? 

Foto: Reprodução
Ao folhermos as revistas de beleza ou até mesmo ao vermos as propagandas, ficamos impressionadas com a beleza, daquela tal, estampa nela. E, automaticamente, já fazemos aquela comparação conosco mesmo. É inevitável, eu sei. Mas você já foi buscar a verdade por trás das capas de revista? Pois senão, eu convido-a a ir, porque se você for parar para pensar somos todas iguais. Só que um photoshop aqui, uma make mais elaborada ali, muda sim, alguns detalhes. Mas, não muda a verdade.
E, não fique você pensando que sou contra ao uso desses artificios. Pelo contrário, sou super à favor. Já que temos esses meios, porque não usar? Tem que usar, mas não abusar!
Mas, a questão que quero levantar nesse post, é a busca desenfreada pela beleza. Será que precisa tanto?!

Foto: Reprodução
A mídia ao longo dos anos já delimitou diversos tipos de beleza, e, sempre tentamos nos adequar a ela. Você se lembra quando a moda era ter o cabelo volumoso, na década de 80? E quando a moda for ter cabelo liso? Todas correram para os salões. Com isso, as mulheres sofrem e se cobram para atingir esse tal padrão. Mas, quanto ao que queremos. Onde fica? Se você quer ter o cabelo liso, que tenha. Se gosta dele cacheado, não perca tempo minha lindeza. O importante é você se sentir bem com o que é e gosta. E se quiser mudar que seja pelo seu querer, não pelo o que os outros a impõe.


Ame-se em primeiro lugar. Olhe-se no espelho e veja uma rainha aí. Claro que tem aqueles dias que aparecem aquelas espinhas, olheiras e o cabelo não coopera. Mas, isso faz parte. É só um detalhe. E nada que uma noite bem dormida e um belo sorriso, não acabe com isso. Seja feliz, ame-se do jeito que é. A opinião dos outros é só dos outros, A sua é que vale aqui. Muitos Smiles para você!

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva, do grupoBC no Facebook.

Até a próxima,

Big Beijo,
Cris!

2 comentários

  1. A midia não teria tanta força se as pessoas não tentassem sempre impressionar as outras antes de ser feliz.
    http://www.atravesdalinha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Bruna. A mídia sempre teve um papel muito importante e amplo na vida das pessoas e muitas vezes ela contribui para o lado negativo. A felicidade, sem dúvidas, tem que vir em primeiro lugar, até porque não dá pra ser feliz não sendo o que queremos. Muito obrigada pela visita Bruna. Adoro o seu blog, beijos

      Excluir

Deixe o seu comentário aqui